sexta-feira

11 de Novembro – Dia de São Marinho

Diz a lenda que numa noite fria e chuvosa de Inverno, às portas de Amiens (França), Martinho, ia a cavalo, provavelmente, no ano de 338, quando viu um pobre com ar miserável e quase nu, que lhe pediu esmola e Martinho, que nào levava consigo qualquer moeda, num gesto de solidariedade, cortou ao meio a sua capa que entregou ao mendigo para se agasalhar. Os seus companheiros de armas riram-se dele, porque ficara com a capa rasgada. Segundo a lenda, de imediato, a chuva parou e os raios de sol irromperam por entre as nuvens.
A lenda conta ainda que no dia seguinte, Martinho teve uma visão e ouviu uma voz que lhe disse: “Cada vez que fizeres o bem ao mais pequeno (no sentido de desprotegido) dos teus irmàos é a mim que o fazes”. A partir desse dia Martinho passou a olhar para os cristàos de outro modo.
Martinho era filho de um soldado do exército romano e, como mandava a tradição, filho de militar seguia a vida militar, tendo assim entrado para o exercito aos 15 anos. Nasceu entre o ano 315 e 317 d.C e tinha a religião dos seus antepassados, deuses que faziam parte da mitologia dos romanos.
Associado ao São Martinho estào as festas do Magusto. Neste dia, é habitual comer boas castanhas assadas, beber bom vinho novo e água-pé, comemorando assim a chegada do Outono. E como para haver São Martinho é preciso lume, os magustos (fogueiras ao ar livre) sào uma das tradições mais usuais neste dia.


Fonte: http://eventos.aprender.pt


Sem comentários:

Enviar um comentário